19th Ave New York, NY 95822, USA

Conheça a história profissional do nosso novo COO: Rodolfo Dias

 

Minha Jornada profissional não começou há muito tempo, iniciou em 2012 durante o curso de Engenharia Química da PUC Minas. Me chamo Rodolfo Dias para abreviar o “Rodolfo Rezende Dias Fonseca”, tenho 25 anos, belo-horizontino. E a primeira pergunta que me fazem depois que falo meu curso de formação é: “E como que você veio parar nesta área de desenvolvimento de Startups?”.

Apesar de ser recente, a história é longa e quando conto ela, existem três palavras que me definem durante essa jornada – inquieto, apaixonado e sonhador.

Então vamos lá! Logo que entrei na universidade, no final do segundo período, em 2013, veio a primeira preocupação frente ao profissional: não poderia fazer estágio porque estava muito novo, batia de porta em porta pedindo para fazer parte de alguma iniciação cientifica e nada. Então apareceu a oportunidade de criar um Diretório Acadêmico com mais quatro pessoas, projeto ao qual fiquei um ano trabalhando. Depois de lá fiz outros dois cursos da FIEMG, qualificação em mineração e  engenheiro empreendedor, quando tive meu primeiro contato com statups. Era coisa de outro mundo e com todo respeito, eu achava o pessoal um tanto “ET” de tão vislumbrado que ficavam com os conteúdos.

 

No meio disso tudo, ainda em 2014, comecei minha carreira no Movimento de Empresa Júnior (MEJ), sendo um dos fundadores da IPRO Jr, empresa júnior das engenharias da PUC Minas. Lá foi onde aprendi a liderar e ser liderado, trabalhar em equipe, falar em publico, além de fazer projetos diretamente para o mercado. Não parei por aí no movimento! No ano de 2016, com o objetivo de gerar mais oportunidades, ajudei a fundar o Núcleo de empresas júniores da PUC Minas, que mais tarde junto com a UFMG se tornou um Núcleo para todo BH, levando o Movimento de Empresa júnior para todas universidades da região. O mais interessante disso tudo é que, quando entrei movimento, eu só queria algo para meu currículo, e acabei saindo de lá com um proposito para minha vida, que é de impactar pessoas através do empreendedorismo.

Depois de 2 anos e meio no MEJ, já em 2017, participei da startup PayUP no evento Startup Weekend e com a startup participei da aceleração do Programa Lemonade. Por onde trabalhei durante todo ano de 2018. Que experiência! Lá trabalhei com pessoas sensacionais, maravilhosas e ganhei vários amigos, em especial Carnelutti Spenelli, que foi um amigo, um companheiro e mentor.

 

Em 2018, foi um resultado de trabalho de 4 edições do Programa Lemonade, como Coordenador em Uberaba acelerando 70 startups, 1 Hackthon facilitado em Viçosa e 7 cidades visitadas: Lavras, Uberaba, Uberlândia, Patos de Minas, Juiz de Fora, Viçosa e Santa Rita do Sapucaí além de varias amizades nesse caminho.

 

Agora estou em um novo desafio, aceitei a proposta de ser Diretor Operacional da FCJ, uma empresa que desenvolve startups com soluções inovadoras para o mercado. Esse desafio consiste em monitorar, criar métrica e desenvolver a startup com o objetivo de gerar resultado.

Saio de 2018 com um proposito de ser bilionário, não de dinheiro, mas de impactar 1 Bilhão de pessoas através do empreendedorismo.

 

 

Posts relacionados

Deixe umcomentário